Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Mais vida; menos exibicionismo: uma meta importante para 2020
31/12/2019 16:22 em Novidades

 

Mais vida; menos exibicionismo: uma meta importante para 2020

 

Que o seu coração não esteja nas coisas da terra, mas nas coisas do céu

 

 

 

 

Estamos no último dia de 2019 e já não há mais tanta coisa para se fazer neste ano. Os acertos devem ser celebrados e os erros, encarados com honestidade. Você viveu neste ano? Ou passou a maior parte do tempo aparentando ser feliz nas redes sociais?

Em tempos de alta conexão humana via internet, uma das maiores tentações que sofremos nessa existência atualmente se dá no campo do ego, onde somos meio que “forçados” a demonstrar sempre força, prosperidade e felicidade – até porque o perfil do Instagram ao lado postou ontem uma foto num lugar maravilhoso, paradisíaco e outro perfil divulgou no stories uma grande aquisição pessoal ou familiar.

Agora, qual é a real necessidade de gastarmos tanto tempo nas redes sociais? O que move o nosso coração para produzir tanto conteúdo na internet? É para a glória de Deus? Você tem certeza disso?

Talvez, o leitor estivesse esperando um artigo com dicas para que possamos alcançar exatamente aquilo que muitos aparentam obter nas redes (força, prosperidade e felicidade). No entanto, o que temos para hoje é: “viva a vida e pare de enganar a si mesmo, enganando outros!”

Se você conseguiu o que queria ou não, isso não importa. O que importa é que você tem neste novo ano que se inicia a chance de simplesmente arrumar a sua casa. Tem coisa mais importante do que ser forte, próspero e feliz diante daqueles que mais importam?

Muita gente está sorrindo para uma câmera com o coração depressivo e desgostoso de quase tudo. Você e eu nos iludimos fácil com as imagens que vemos.

Todos nós podemos usar as redes sociais e compartilhar dos momentos bons da vida; a questão é que nem sempre o nosso coração está conectado com a realidade vivida, o que faz com que divulguemos mais para dar uma satisfação à sociedade do que para a edificação ou alegria de alguém.

E vamos convir: poucos são os que se alegram com a nossa alegria, bem como se entristecem com a nossa tristeza.

Portanto, o conselho deste meu último artigo em 2019 é bem prático: viva mais o dia a dia, o cotidiano, o “comum” e deixe que os outros fiquem subsistindo de “extraordinário em extraordinário”. Que cada um tome conta de sua própria vida; porém, você, considere a onipresença de Deus e seja e faça tudo diante d’Ele, para Sua glória.

Seja alguém mais produtivo para além das imagens que são projetadas nas redes. Seja mais santo, mais leitor das Escrituras, mais assíduo e intenso na oração, mais amigo (a) e irmão (ã) e muito mais grato a Deus pela oportunidade de servi-lo aqui, neste mundo.

Que o seu coração não esteja nas coisas da terra, mas nas coisas do céu. Que a sua família seja mais agraciada com a sua presença do que os estranhos das redes sociais ou do trabalho. Que de fato, Jesus Cristo seja o teu Senhor.

Feliz ano novo. Feliz você novo. Tudo pode mudar e a mudança começa com a sua decisão de crer mais no evangelho, se alegrar mais em Cristo e sair do quarto para fazer tudo aquilo que deve ser feito.

Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio. (Salmo 90.12)

 

https://www.gospelprime.com.br/mais-vida-menos-exibicionismo-uma-meta-importante-para-2020/

COMENTÁRIOS